terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Restelo

- E agora...
O Plano de Urbanização de Groer, e a Encosta da Ajuda.
Terrenos de sobra. Mas poucas verbas para continuar com os bairros económicos.
Bastara ao Estad o invocar "Interesse Público", e passara imediatamente a dono de umas tantas quintas. Contudo, aos detentores de muito capital ninguem exigiria o mesmo desapossamento, sem que se desconfiasse de comunismo.
Então, moradias de luxo.
Uma faixa da encosta que se transformaria em zona excelsa. Compradores de tom, rigorosamente seleccionados. E com o lucro das parcelas asseguraria a continuação do Plano.
A opinião de Groer era favorável.
E não seria a Câmara a ir contra. Não o engenheiro Rodrigues de carvalho.
- ...chamamos-lhe Bairro do Restelo. E é para começar ainda hoje, ao serão.
Duarte Pacheco convocara, para essa mesma noite, o arquitecto Faria da Costa.

A Cova do Lagarto
Filomena Marona Beja
A Ler por aí... em Lisboa (Alameda) e outros lugares

Nenhum comentário: